Pesquisar este blog

14 de set de 2010

Limpeza de pele varre cravos, espinhas e impurezas


Cravos, espinhas e os famosos miliuns (bolinhas de sebo sob a pele) fazem você estremecer em frente ao espelho? Eles são resultados de impurezas produzidas pelas glândulas sebáceas e que a derme não conseguiu expelir. Para conseguir se livrar deles, só com uma boa faxina no rosto, recuperando o brilho e a viscosidade.

Mas nem todo mundo precisa se submeter a essa varredura completa. "Muitos tipos de pele conseguem se limpar naturalmente. A exceção normalmente fica por conta da pele oleosa que, em geral, não se satisfaz apenas com tônicos e sabonetes", explica Mônica Fiszbaum, da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

A freqüência da operação limpeza também depende dos tipos de pele.

Quem tem espinhas, precisa do tratamento uma vez por mês. Se sua pele é muito oleosa, a visita pode ser trimestral desde que os cuidados domésticos façam parte do seu dia-a-dia. Peles normais pedem limpezas com o mesmo intervalo ou até com um espaço maior. Para isso, basta manter em casa um kit com alguns produtos que ajudem a manter a aparência higienizada: um bom tônico, loção demaquilante (no caso das mulheres), creme ou gel de hidratação e, para os mais empenhados, alguma fórmula esfoliante.

cuidados com o rosto - foto: getty images

Na clínica ou em casa, atenção
Em casa, a remoção das impurezas faciais exige cuidados redobrados. Uma apertadinha a mais pode até provocar cicatrizes no rosto. "Recomendo espremer apenas lesões superficiais, fáceis de se retirar" , aconselha Mônica.

O ideal é lavar o rosto embaixo de água bem quente, de preferência no chuveiro, para o vapor ajudar a abrir os poros. Depois, molhe um algodão com água aquecida e deixe repousar por um tempo sobre o cravo ou a espinha. Aperte com os dedos ao redor dos pontinhos fazendo pressão para baixo. Se estiver difícil para sair, não insista.

Já na esteticista, a limpeza de pele dura entre 50 e 60 minutos e pode ter até oito passos. Confira a seguir o que acontece em cada um deles.

1. Higienização
É a primeira fase da limpeza, feita com loções e demaquilantes para retirar impurezas superficiais ou maquiagem. São usados produtos na forma de musse, emulsão, creme ou gel.

2. Esfoliação
Realizada com cosméticos cheios de grânulos, remove as células mortas e afina a parte mais superficial da pele

3. Desincrustação
Alguns dermatologistas fazem uma máscara para amolecer a camada superficial da pele e favorecer a retirada de cravos, espinhas e miliuns.

4. Vapor
O rosto fica sob vapores de ozônio para abrir os poros. O gás também tem efeito bactericida e ajuda a preparar a região para as extrações.

5. Extração
É a caça ao inimigo. Pode ser feita manualmente ou com um aparelho de sucção, sem a necessidade de espremer com as mãos. Os cravos brancos e miliuns são retirados com uma microagulha esterilizada, por serem mais profundos.

6. Máscara calmante
Por 10 minutos, o rosto recebe uma máscara que irá recuperá-lo de tantas apertadinhas. Existem produtos específicos pada tipo de pele, hidratando ou controlando a oleosidade.

7. Aparelho de LED
Esse estágio só aparece em procedimentosmais agressivos. O aparelho tem propriedades cicatrizante e antiinflamatória, deixando o rosto bem menos marcado e sem a vermelhidão característica de uma limpeza mais rigorosa.

8. Máscara final
Feita à base de cremes ou, nas peles oleosas, com gel. Há muitas variações, escolhidas de acordo com a necessidade da pele após o tratamento. Há a hidratante, a clareadora de manchas ou sardas, a calmante, a purificante e a que oxigena boa para peles sem vitalidade. "O paciente vai para casa com a máscara e deve permanecer com ela durante três horas. Depois disso, é só lavar o rosto com água" , explica a dermatologista.

Antes de entrar na faxina

A dermatologista Mônica Fiszbaum conta que algumas dúvidas já se tornaram cativas no consultório e continuam em pauta entre homens e mulheres que procuram orientação profissional antes de entregar o rosto para ser renovado. A seguir, ela responde todas elas para você.

Todo mundo deve fazer limpeza de pele?
Não. Pacientes com a pele cheia de espinhas amareladas devem evitar o procedimento. Nessa situação, a infecção pode se disseminar e o tratamento, em vez de ajudar, vai comprometer a saúde cutânea. Nessas situações, o melhor é fazer um tratamento com o dermatologista, esperar as espinhas sumirem e, aí sim, incluir a limpeza na rotina.

Posso fazer limpeza quado estiver bronzeada?
Não é recomendado. Após a exposição prolongada ao sol, a melanina (substância responsável pelo escurecimento da pele) está em plena atividade. Portanto, o contato com alguma substância mais agressiva pode provocar o aparecimento de manchas que vão ficar ainda mais evidentes quando o bronzeado sumir.

Depois de fazer a limpeza, é permitido tomar sol?
Nem pense nisso. Saindo da clínica, fique 48 horas sem se expor ao sol. Além disso, aplique filtro solar com fator 15, no mínimo. Cosméticos que tenham ácidos na composição também estão proibidos nesse período a pele está sensível demais e eles prodem causar manchas. A mesma recomendação vale para o cremes oleosos, que podem entupir os poros.

máscara para o rosto - foto: getty images

Grávidas podem fazer limpeza de pele?
A não ser que a futura mamãe já tenha o hábito incluído no cotidiano, melhor evitar. Mas explicação para isso tem fundo emocional: os médicos preferem proteger a paciente de qualquer tratamento que possa causar dores ou estresse.

Cravos: é possível prevenir!
Evitar os pontinhos pretos que insistem em marcar seu rosto é praticamente impossível, afinal não dá para frear a oleosidade natural da pele e, menos ainda, encapar o rosto e protegê-lo da poluição os dois fatores que desencadeiam o surgimentos dos cravos.

Mas não é por isso que você precisa passar o tempo todo com o rosto pintado. Alguns cuidados caseiros são suficientes para remover os pontos ainda que, a longo prazo, não substituam uma limpeza de pele.

Tônicos e produtos adstringentes oferecem ótimos resultados, assim como sabonetes de ação profunda. Só tome cuidado para não usar produtos inadequados para o seu tipo de pele. Eles podem ressecar demais o rosto, levando o organismo a produzir ainda mais sebo e, conseqüentemente, favorecendo o aparecimento dos cravos e até de espinhas. No caso das mulheres, dormir maquiada também é fatal: os cosméticos entopem os poros, e o rosto rapidamente enche-se de pontos pretos.

Fonte: http://comunidade.bemsimples.com/beleza

Siga o passo a passo para uma maquiagem de festa


Com tantos produtos de qualidade disponíveis no mercado, é cada vez mais fácil fazer tudo em casa. De certa forma, há quem prefira mesmo fazer a sua própria maquiagem do que ir num salão, especialmente quem está sem tempo para marcar hora, mas não pode dispensar uma apresentação perfeita para aquela ocasião especialmente chique. Para essas mulheres trabalhadoras e elegantes, há determinados passos a serem seguidos para conseguir uma aparência natural e arrasar em qualquer festa.

Passos

1

A primeira coisa a fazer é pontos-chave, como acima e abaixo dos olhos, em marcas ou dos lados das narinas, onde o nariz lança uma sombra no rosto. A seguir, aplica-se uma base em toda a extensão do rosto. O pó compacto dá o toque final num rosto livre de manchas e imperfeições. Se a festa for de dia, a dica é usar produtos dermocosméticos, que já vêm com hidratantes e/ou proteção contra os raios ultravioleta do sol. Se a pele for oleosa, é preciso usar um produto matificador – que tira o brilho – antes de aplicar bases e pós compactos.

2

Depois do básico, é hora de incrementar o visual. Festas diurnas geralmente pedem cores mais claras, tanto na sombra quanto no desenho dos olhos com lápis. A exceção é a boca – a moda é um tom mais chamativo, brilhante e alegre, como rosa e vermelho. Para sair à noite, a maquiagem já pede algo bem diferente: olhos bem marcados e lábios mais claros, quase apagados. O fundamental é combinar a própria pessoa com a roupa que ela usa sem repetir cores. Por exemplo, nem sempre cai bem usar uma sombra azul com um vestido azul, a não ser que se usem tons diferentes. Um vestido bege fica melhor com marrom, o azul-escuro com o azul clarinho, etc.

3

Vale lembrar que o lápis deve ser passado antes da sombra, a sombra deve ir além das pálpebras e os dois não devem se tocar. Depois de passar sombra, o lápis deve receber um retoque. O rímel é uma das últimas coisas a serem usadas, antes do batom. O que está na moda agora é combinar um rímel com o tom da pele: transparente para as mulheres de pele clara, preto para as mulheres de pele morena/negra. Depois dele, só mesmo um blush passado bem fraquinho nas bochechas, mesmo sendo de um tom claro e que siga o tom natural da pele.

Fonte:
http://comunidade.bemsimples.com/beleza

Maquiagem Mineral Faz Bem para sua Pele


Nos últimos anos, o conceito de maquiagemsaudável - aqueles produtos que já vem comhidratante e/ou protetor solar - veio revolucionar o mundo da moda. Agora, além de beleza e elegância através de um visual trabalhado, é possível também manter uma aparência saudável e prolongar o uso de cosméticos, que antes agrediam a pele. Mas outra criação recente promete tornar o conceito natural ainda mais aparente. A maquiagem natural é feita com minérios extraídos do solo e moídos. Como não passa por nenhum processo químico, são produtos indicados especialmente para peles sensíveis.

Mais orgânico do que isso impossível. A maquiagem mineral possui propriedades calmantes, anti-inflamatórias e hipoalergênicas, e por isso são também as mais indicadas para aquelas pessoas que tem acne, rosácea ou que estão sob o efeito de algum tratamento de beleza ou dermatológico, como peeling ou laser. Entre as substâncias mais usadas encontram-se o titânio, o zinco, a mica, o ferro e o bismuto. A maquiagem convencional usa minerais como ouro e diamante no seu processo químico, que são mais agressivos para a pele.

Do lado da moda, nada mais podia ser mais satisfatório. Se o look natural já fazia a cabeça das celebridades, a maquiagem mineral não fica a dever em nada com produtos de marcas famosas. Alguns esteticistas afirmam, no entanto, que esse tipo de produto deve ser usado com moderação e bom senso. Não porque o seu uso excessivo possa causar danos à pele, mas por causa da sua consistência. Como a maquiagem vem em pó, ela pode não espalhar corretamente em toda a superfície e ficar mais concentrada nas linhas de expressão. A dica é usar bons pincéis para garantir uniformidade.

O resultado final é bastante agradável. O visual fica com tons acetinados, que é a tendência da próxima estação. E apesar de não possuir conservantes, aromatizantes ou pigmentos em sua fórmula, a maquiagem natural geralmente dura mais tempo do que a convencional, pois adere melhor à pele, sem prejudicá-la em curto prazo e criando uma aparência natural. Para isso, é preciso aplicar o produto com movimentos circulares sobre a face, de dentro para fora. Uma atenção especial deve ser dada à linha T – testa e nariz – para o acabamento. Há ainda produtos de controle do brilho e uniformização da cor geral, principalmente para a área do pescoço e do colo.

Fonte:http://comunidade.bemsimples.com/beleza/

3 de ago de 2010

Jantar em Comemoração de 30 anos de SBAV


No dia 30 de Julho a SBAV comemorou com jantar os 30 anos da fundação da SBAV (Sociedade Brasileira dos Amigos do Vinho), na sede que fica em São Paulo.


A convite do Sr. Roberto Ventura, tivemos a oportunidade de oferecer aos convidados Kits Vinotage com produtos formulados a partir da Uva e do Vinho.








29 de jun de 2010

Lábios Bonitos e Hidratados



Boca bonita e bem tratada é fundamental para compor o visual feminino. Afinal, lábios aveludados e volumosos têm efeito hipnotizante. E a boa notícia é que o segredo para desfilar por aí com lábios arrasadores é mais simples do que parece. Tudo de que você precisa é investir em dois pontos-chaves: hidratação contínua e proteção solar.

Os lábios são a parte mais sensível do corpo. Além de possuir pouca pigmentação, o que os torna mais suscetíveis à radiação ultravioleta, não têm glândulas sebáceas e salivares, ficando mais sujeitos ao ressecamento. Portanto, o primeiro passo é a hidratação. Além de beber bastante líquido, aposte em protetores labiais que contenham ativos como ureia, óleo de silicone, óleo de semente de uva e manteigas, como a de cupuaçu. Use-o várias vezes durante o dia, sempre antes de passar o batom comum. Atenção também ao filtro solar: assim como o resto do rosto, a boca também deve ser protegida dos raios solares.


Mãos sempre bonitas



Cuidados de mão


Introdução:
Imagino que muitas vezes os profissionais que cuidam das unhas, sejam podólogos, sejam manicures, deparam-se com mãos, especialmente seus dorsos, muito comprometidas em sua beleza, pois estão cheias de manchas.
Imagino até que muitas mulheres gostariam de tratar melhor de suas unhas, mas ficam constrangidas em mostrarem suas mãos para exibir unhas que gostariam. Isto até interfere em sua qualidade de vida!
Mas porque surgem as manchas nas mãos?

Manchas Senis:
As manchas senis ou melanoses solares ocorrem no dorso das mãos em função basicamente da exposição contínua à radiação solar. Além das melanoses, também podem surgir as queratoses, que são manchas avermelhadas e ásperas, ambas, caracterizando a pele fotoenvelhecida.
O processo? O sol induz as células que produzem a melanina, os melanócitos, a aumentar sua atividade e as células, produzindo pigmentos em excesso é que geram as melanoses e as queratoses.
As manchas começam a ocorrer, de forma geral, a partir da terceira década de vida, mas isto depende também da exposição solar, e outros agentes em função da rotina e do trabalho de cada um. Além disto, o fototipo da pessoa, a cor de sua pele, também influencia, pois pessoas de pele mais clara estão mais expostas a este problema.
Explicando isto dá para entender porque os Dermatologistas insistem tanto na questão do uso de protetores e bloqueadores solares, não é?

Características:
Estas manchas acastanhadas que variam de tamanho e tonalidade, desde as mais claras, até manchas bem escuras, e aparecem no dorso das mãos, dedos, antebraços, colo, rosto e outras áreas expostas à radiação.
São lesões de caráter benigno, se é que se pode dizer que mãos feias são benignas, mas o que quero dizer é que são raros os casos de evolução para um melanoma, um câncer de pele.
Felizmente a Dermatologia Estética, a Cosmiatria, evoluiu muito e dispomos hoje de muitos procedimentos que podem atenuar, e muito, estes problemas.

Tratamento:
O tratamento das melanoses solares pode ser feito com neve carbônica, nitrogênio líquido, peelings seriados superficiais e radiofreqüências nas lesões, que funciona como um bisturi elétrico, só que com ondas de rádio.
Atualmente, a técnica que apresenta melhores resultados, é a aplicação do LASER, a Luz Pulsada, também chamado laser de rubi, que atua especificamente no pigmento, não danificando a epiderme, além de promover um rejuvenescimento das mãos como um todo, pelo estímulo das camadas da pele.
Para completar, uma boa esteticista pode ajudar com a aplicação de cremes clareadores, e peelings superficiais. E, muito protetor solar, a partir de hoje, e para sempre!
Você, profissional que cuida das unhas, pode ser uma boa amiga, um bom amigo, e ajudar as pessoas que têm manchas nas mãos a procurar um tratamento para que elas fiquem mais bonitas!
E para complementar sempre é bom orientar a fotoproteção com fatores adequados desde a infância.
Se tiver dúvidas acesse meu site e leia mais, ou então me escreva.
Dr. Fernando Bezerra
- Dermatologista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia
- Membro da Associação Paulista de Medicina
- Especialista em Medicina Estética pela Sociedade Brasileira de Medicina Estética.

Envelhecimento do pescoço


Envelhecimento do pescoço

Perda da umidade provoca o envelhecimento da pele do pescoço. Para evitar esse problema, você deve regularmente comer alimentos que contenham vitamina F, como o milho, girassol, óleo de linhaça e nozes.

O exercício é a melhor maneira de deixar o pescoço parecer mais jovem. O alongamento do pescoço pode ajudar muito.

Pescoço é propenso a ser bronzeada. Especialmente durante o banho de sol, é melhor usar um alto fator de creme protetor solar.

Esterilizar perfume no pescoço poderia mudar a cor da pele. Quando usar perfumes, algumas pessoas gostam de perfume spray na garganta. Como o perfume contém álcool, quando o álcool evapora, a água também evapora, o que torna a pele do pescoço seco. Então é melhor perfume spray na frente, depois caminhe para o aroma do perfume.



Causas do envelhecimento da pele


Causas do envelhecimento da pele

Aos 20 anos, a pele é substituído a cada três semanas. Mas por 50 anos, a substituição da pele diminui a cada nove semanas. Quando diminui a substituição de células da pele, a pele fica mais fina e frágil.

Por causa das cicatrizes, danos causados pelo sol dano oxidativo, proteínas danificadas se acumulam na pele.

Cerca de 25 anos, a oleosidade da pele começa a diminuir. Isso faz com que uma pele de secar. Após 45 anos de idade, torna-se mais grave.

Após 25 anos de idade, a pele fica mais lento para produzir colágeno, elastina, ea retenção de água mordaças. Portanto, a ruga aparece, e começa a perder elasticidade.



23 de jun de 2010

Regulamento


Regulamento das Promoções Caixa de Aromas.

Para participar das promoções Caixa de Aromas no Twitter, basta seguir e @caixadearomas no dar RT (Re Tweet) nas mensagens das promoções.

Na data do encerramento da promoção (cada uma tem uma data específica) será feito a apuração entre os seguidores que mais deram RT (Re Tweet).

As promoções Caixa de Aromas são válidas para todo território nacional.

O ganhador será anunciados pelo Twitter na data e horário determinado para cada promoção.

A participação nas promoções dará direito a Caixa de Aromas de publicar o nome no Twitter e também em Blogs e sites relacionados a mesma.

A Caixa de Aromas terá um prazo de 30 dias úteis a contar do dia da confirmação dos dados do participante ganhador.

O ganhador se compromete enviar os seguintes dados para que o brind seja entregue:
- email
- Nome completo
- Endereço completo

Os participantes declaram concordar com todas as condições deste Regulamento.

O prêmio não poderá ser convertido em dinheiro em nenhuma hipótese.

Os participantes concordam com a utilização de suas respostas, nomes, imagens, depoimentos e som de voz para divulgação dos resultados da promoção sem qualquer ônus adicional para a Caixa de Aromas e seus patrocinadores.

Todas as dúvidas e/ou questões surgidas da presente promoção serão solucionadas pela Caixa de Aromas , considerando sempre as normas de proteção ao consumidor em vigor. Às decisões da Caixa de Aromas não cabe nenhum tipo de recurso.

A Caixa de Aromas não se responsabiliza por nenhuma falha técnica de transmissão, problemas de acesso à Internet, serviços prestados pelo Twitter ou qualquer caso fortuito ou de força maior que possam impedir a participação do usuário.

As regras das promoções Caixa de Aromas podem ser mudadas sem aviso prévio.

A Caixa de Aromas não se responsabiliza pelo conteúdo ou disponibilidades dos seus seguidores, bem como não reconhece como sua, as opiniões publicadas.


caixadearomas@gmail.com

21 de jun de 2010

Rejuvenescimento do colo



As marcas que se formam entre os seios costumam denunciar a idade. Elas surgem devido a hidratação inadequada, proteção solar insuficiente e, em decorrência do envelhecimento natural da pele – as fibras de colágeno e elásticas diminuem com o tempo, provocando uma espécie de frouxidão.

Outro fator que contribui para a sua formação são as chamadas “sleep lines”, as linhas que marcam a pele durante a noite. Estas, tendem a sumir no decorrer do dia. Mas, a repetição do processo diariamente levará à formação de rugas definitivas.

A boa notícia é que há diversos tratamentos que podem recuperar a pele e atenuar o problema. São eles:

Peelings químicos e de Cristal – Os peelings renovam as camadas da pele e estimulam a formação de colágeno, levando a uma suavização das linhas.

Aplicação de Ácido Hialurônico – O tratamento com ácido hialurônico injetável promove a hidratação profunda da pele. É necessário a repetição do procedimento três a quatro vezes, em períodos espaçados. Após o resultado desejado, recomenda-se a manutenção, que consiste em duas aplicações por ano.

Aplicação de Ácido-L-Polilático (Sculptra®) – A aplicação do Sculptra® também estimula a produção de colágeno e melhora as rugas do colo. São necessárias, geralmente, três aplicações, com intervalo de 1 mês entre elas. A manutenção pode ser feitas 1 a 2 vezes por ano, dependendo do caso.

Aplicação de Toxina Botulínica – Em alguns casos o uso Botox® contribui para a melhora das marcas de envelhecimento no colo. A aplicação pode ser repetida a cada 6 meses.

Radiofrequência e Laser -- Tratamentos com radiofrequência e laser também suavisam as indesejáveis linhas. No pós-tratamento deve-se evitar o Sol e fazer uso do protetor solar.

Depois de você conquistar o colo desejado, é necessário fazer a manutenção do tratamento em casa, sob orientação de um dermatologista, com produtos tópicos, e o uso de filtro solar diariamente.

Acne da mulher adulta


A acne, além de acometer um grande percentual de adolescentes, pode atingir mulheres na idade adulta. É frequente no consultório dermatológico mulheres de 30, 40 e mesmo 50 anos queixando-se de espinhas e estranhando que elas apareçam tanto tempo depois da adolescência. E, o que é mais surpreendente, podem surgir em quem jamais teve uma única espinha aos quinze anos. É a acne da mulher adulta (acne androgenética feminina), que afeta cerca de 30% da população feminina. As pacientes apresentam espinhas inflamadas, dolorosas, principalmente nas regiões do queixo, mandíbula, pescoço e tronco, que podem deixar cicatrizes. Em alguns casos, ocorre também aumento da oleosidade da pele, aumento dos pelos da face, queda de cabelo (calvície) e irregularidade menstrual. Esse tipo especial de acne piora no período pré-menstrual e, em geral, não melhora com os tratamentos convencionais.

Não existe ainda uma explicação definitiva para o surgimento da acne da mulher adulta. Pode haver associação com o estresse, uso de cosméticos oleosos e, principalmente, com alterações hormonais como disfunções ovarianas (a mais freqüente é a síndrome dos ovários policísticos), alterações das glândulas supra-renais ou um aumento da sensibilidade da pele aos andrógenos (hormônios sexuais masculinos), responsáveis pelas manifestações da doença. Neste último caso, os exames laboratoriais estão dentro dos níveis normais.

Confirmada a influência hormonal na causa da doença, o tratamento pode ser feito com medicamentos anti-andrógenos ou bloqueadores dos receptores hormonais, que impedem a ação do hormônio sobre a pele. Antiinflamatórios orais, medicamentos de uso local e peelings também são importantes no combate à doença. A escolha do tratamento vai depender de cada caso, sendo importante uma avaliação detalhada pelo dermatologista.

Cuidado redobrado com os pés



Grande parte das mulheres adoram comprar sapatos e possuem modelos de todos os tipos guardados no armário. Porém, não são todas elas que se preocupam com a saúde dos pés. Eles normalmente são deixados como último plano nos cuidados corporais femininos, podendo se tornar uma fonte permanente de dores e saliências esteticamente desagradáveis. É importante ter cuidados diários com os pés para que eles fiquem impecáveis não só no verão, mas também no inverno.


A dentista Jéssica Trancoso, 32 anos, gosta de estar sempre na moda, e quando o assunto é sapato, ela que tem mais de 50 pares, acaba exagerando. “Gosto de todos os tipos, desde as sandálias rasteirinhas, até os saltos agulha, com cerca de 10 cm. Posso estar com o meu pé doendo, mas estou chique e elegante”, afirma Jéssica.


Para o podólogo Orlando Madella Jr, muitas vezes, as dores que as mulheres sentem nos pés é devida ao número do calçado muito justo. Para isso, ele indica que no inverno, como o uso de meias é comum, as mulheres devem procurar por números acima do habitual. “Ao experimentá-los, veja se todos os dedos estão em posição natural, permitindo os movimentos do pé. É importante que os calçados tenham a forma dos pés e não que os pés se deformem para caber nos calçados”, explica o podólogo.


A pedicure Joana Medrado conta sobre os cuidados que as mulheres devem ter com as unhas e higienização dos pés. “Não se deve cortar demasiadamente as unhas e nem deixá-las muito compridas. Quanto estiver no banho, esfregue os pés com uma esponja e não deixe apenas a água escorrer pelo corpo”, alerta.


Joana também dá dicas sobre como remover as cutículas “É preciso empurrá-la cuidadosamente com uma espátula própria. O excesso pode ser removido com o alicate, mas pode haver o risco de uma inflamação. Caso a mulher não esteja habituada a tirar as cutículas, o melhor é deixar a tarefa para uma pedicure”.



Cuidado nunca é demais


A pele dos pés é mais espessa e resistente do que a de outras áreas do corpo. Há produtos que podem ser encontrados em farmácias comuns ou de manipulação. “Com o ressecamento e aspereza da pele, deve aplicar-se cremes para hidratação exclusivos para os pés”, explica o podólogo Orlando Madella Jr.


Entre as doenças mais comuns relacionadas aos pés, estão a onicomicose (micose de unha). “Ela é uma enfermidade infecciosa com possibilidade de transmissão relativamente alta”, alerta Orlando. A onicocriptoseo (a unha encravada), rachaduras, calos e principalmente problemas com os pés de pessoas diabéticas são outras doenças corriqueiras. “Os pés são a base do corpo. Por isso, qualquer enfermidade pode prejudicar a saúde de forma geral”, finaliza o podólogo.


Para a estudante de moda Sandra Galeazzi, de 23 anos, que já teve sérios problemas de coluna devido ao pouco cuidado com os pés, é importante procurar modelos de sapato que vão além da beleza. “ Às vezes, temos sapatos antigos e que são muito confortáveis, e que pode ser usados com meia calça ou com algum acessório extra. É possível dar uma cara nova sem perder a confortabilidade”, conta.



Tratamentos de inverno


Atualmente é possível encontrar salões de beleza ou estúdios que oferecem diversos tratamentos para os pés nessa época do ano. Alguns com nomes para lá de sugestivos como Pé das Deusas, em que há opções como pé de Afrodite ou Hera, são usados sais de eucalipto, lavanda ou hortelã em água quente, o que ajuda a relaxar os pés e libera um aroma que além de acalmar, limpa as vias respiratórias. Certamente, muitos pés vão agradecer por tamanho cuidado.


Os tipos de pele




Os tipos de pele

A pele oleosa tende a ser brilhante, e tem maior poros. A pele oleosa é propensa a cravos e manchas.

Normal / combinação tipo de pele tem poros médio, uma textura suave, boa circulação e cor saudável. Este tipo de pele tende ao ressecamento, especialmente nas bochechas. Mas, na zona-T, tende a ser oleosa.

A pele seca tem uma textura áspera e desidratada, linhas finas e rugas são muito mais visíveis.

Como para o tipo de pele sensível, os poros tendem a ser menores. A pele fica vermelha facilmente, os capilares são facilmente quebradas. A pele é freqüentemente alérgica e pode levar a erupções cutâneas.

8 de jun de 2010

Promoção Copa do Mundo Caixa de Aromas


Os seguidores da Caixa de Aromas no Twitter estão participando da Promoção Copa do Mundo e estão concorrendo a este Kit Vinotage.


Participe!!! Siga a @caixadearomas no Twitter, o resultado será divulgado no dia 14/06.

26 de mai de 2010

Vinoterapia, Marketing ou Verdade?




Muito se tem comentado a respeito das virtudes terapêuticas da Vitis vinifera na pele, trabalhos como o realizado pelo departamento de pesquisa do grupo LVMH, divisão Parfums Christian Dior, em St. Jean de Braye, na França, PMID: 17691204 , intitulado "In vivo skin antioxidant effect of a new combination based on a specific Vitis vinifera shoot extract and a biotechnological extract" evidenciam as propriedades antioxidantes e comprovam a eficácia contra o fotoenvelhecimento da pele.

Mas a novidade agora aborda os benefícios de tratamentos via tópica realizados com vinho, que graças a sua composição rica em polifenóis, como o resveratrol(3,4,5-trihydroxystilbene, RESV), agem evitando a formação de radicais-livres deletérios. Os estudos in vitro, ex vivo e in vivo realizados no Departamento de Farmacología, da Universidade de Santiago de Compostela, na Espanha, PMID: 16457641 , " Comparative studies of the antioxidant effects of cis- and trans-resveratrol" mostram que as formas isoméricas cis e trans possuem ação antiinflamatória e anticarcinogênica.

Na Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, o grupo do centro médico publicou seus ensaios mostrando os efeitos preventivos do resveratrol em casos de melanoma("Targeting events in melanoma carcinogenesis for the prevention of melanoma", PMID: 17134361.

Há comprovação também de que o Resveratrol elimina alguns fungos como o Tricophyton sp, Epidermophyton floccosum e microscoporum gypseum, causadores de micoses cutâneas comuns.

Apoiados nesta e em tantas outras pesquisas comprobatórias a Caudalie francesa tem em Martillac, Bordeaux, sua base Spa operacional, onde realiza tratamentos estéticos vinhoterápicos. Em 1996 seu centro de pesquisa iniciou um acordo com a Faculdade de Farmácia, publicando em 2001 um trabalho onde mostra o poder ativador da renovação celular baseado na aplicação tópica de resveratrol. Em 2004 a equipe investiga e descobre o componente viniferrina, patenteado sob a denominação de Vinoperfect?Ò, de ação minimizadora das discromias dermo-epidérmicas.

Pele mais clara e iluminada, ação anti-colagenase e anti-elastase, refletindo em inibição da atrofia tecitular e melhora de micro-circulação cutânea são alguns dos resultados esperados após alguns dias de imersão nas banheiras de vinho tinto de seus Spas. O universo Caudalie se apóia numa filosofia rigorosa, que trabalha a cadeia de seus produtos como um todo, auditando todas as etapas de obtenção do vinho, desde a plantação baseada na agricultura orgânica e biodinâmica, no acompanhamento da colheita, seleção dos frutos e todo o processo de fermentação, maceração e embalagem deste produto superior.

Bem, depois de tanta segurança acho que vale a pena testar.

Fonte: Sonia Corazza

Manchas de Pele, saiba um pouco mais


Conheça um pouco mais sobre as manchas de pele e como evita-las. Lembrando que o médico e o protetor solar são seus maiores e melhores aliados.

1. Melanócitos

A pele tem células especiais chamadas melanócitos. A sua função é produzir uma substância escura que se difunde por toda a pele, a melanina. Esta substância tem ligação com a cor da pele e com seu nível de sensibilidade aos raios solares. Nas pessoas albinas (extremamente brancas), existe uma deficiência na produção de melanina. Por este mesmo motivo (deficiência de melanina), os albinos são muito sensíveis ao Sol (uma vez que não possuem a proteção natural conferida pela melanina). Já as pessoas negras têm maior produção de melanina e, conseqüentemente, tom de pele mais escuro e menos sensibilidade ao Sol.

Quando a distribuição da melanina torna-se irregular na pele, surgem as manchas, que são áreas mais escuras ou mais claras.

2. Manchas

Os médicos utilizam o termo mácula para referirem-se às manchas. Elas são quaisquer mudanças na cor normal de pele da pessoa. Estas alterações podem mais claras em relação ao tom de pele (hipocrômicas) ou então mais escuras (hipercrômicas). Estas mudanças para escurecimento ou clareamento podem ser causadas, respectivamente, pelo aumento ou diminuição da quantidade da melanina e melanócitos em determinada área da pele.

Algumas vezes, estas mudanças de cor podem aparecer de forma avermelhada. Nestes casos, são causadas pelo aumento do número de vasos debaixo da pele (hemangioma). São comuns em crianças, principalmente nos recém nascidos.

As manchas também podem ser artificiais. O melhor exemplo são as tatuagens.

2.1. Sarda

As sardas ou efélides são manchas pequenas que parecem um ponto. Por isso, são chamadas de manchas puntiformes pelos médicos. Nestes pontos, tem-se um aumento da quantidade de melanina.

Existe uma tendência familiar a desenvolver sardas. Elas surgem principalmente nas pessoas de pele clara e ruivas (fototipos I e II), nos locais da pele mais atingidos por queimaduras solares, como rosto, ombros e colo.

As sardas escurecem durante o verão e quase desaparecem no inverno, quando não há exposição ao Sol.

Não há risco de evolução das sardas para melanoma (câncer de pele). No entanto, como o surgimento das sardas é mais freqüente em pessoas que têm menos proteção natural contra os raios solares, é importante que estejam atentas ao surgimento de outras manchas suspeitas. Caso haja alguma dúvida, devem procurar um dermatologista.

As pessoas que têm sardas precisam proteger-se mais quando se expõem ao Sol, pois estão mais sujeitas a queimaduras. Um exagero pode provocar o envelhecimento precoce da pele.

2.2. Mancha Senil

São manchas que aparecem na pele das pessoas com idade mais avançada. São causadas pela exposição ao Sol (melanoses solares). Como os efeitos do Sol são cumulativos, estas manchas costumam aparecer após os 45 anos de idade. Por isso são relacionadas com a senilidade.

As manchas senis são acastanhadas, de tamanhos diversos, mas sempre maiores que as sardas. Seus limites são precisos e aparecem em maior quantidade nas áreas expostas ao Sol, como rosto, antebraços e dorso das mãos.

Praticamente não há chances de transformação para o melanoma. Geralmente são tratadas por questões estéticas.

2.3. Mancha de Gravidez

Existem alguns tipos de manchas grandes acastanhadas na face, que têm o Sol como fator desencadeante. São chamadas pelos médicos de melasmas. Surgem principalmente nas regiões malares (maçãs do rosto), na testa, nariz, lábio superior e têmporas. Aparecem principalmente nas mulheres, mas também podem acometer os homens. Alguns fatores que influenciam seu surgimento: uso de anticoncepcionais, tendências genéticas e características raciais.

As manchas de gravidez são melasmas. As alterações hormonais provocadas neste período, associadas à exposição solar, levam ao seu surgimento.

2.4. Manchas Brancas

Muitas hipocromias (manchas brancas) representam doenças de pele, como Vitiligo, Hanseníase, Pitiríase versicolor, Sífilis...Algumas delas até se beneficiam de um pouco de Sol. Outras precisam de tratamento com antibióticos específicos e acompanhamento através de exames de laboratório, pois podem trazer conseqüências graves para a sua saúde.

Conclusão: manchas brancas significam que você precisa consultar um dermatologista!

Também existem manchas claras que surgem devido à esposição solar. São elas:

- Leucodermia pontuada (ou punctata)

São manchas claras e pontuais, localizadas principalmente nas pernas e braços. Costumam surgir em pessoas que tiveram exposição solar intensa e prolongada durante a vida. Aparecem em decorrência da menor atividade do melanócito, devido a seu envelhecimento.

- Pitiríase alba ou eczemátide

São manchas hipocrômicas, arredondadas, maiores que 1-2cm, de bordas irregulares, que se distribuem na face, tórax, dorso e braços. Em geral, são um pouco mais ásperas que o restante da pele.

Neste caso, o melanócito também fica menos ativo, mas não porque envelhece, mas porque fica “preguiçoso”... por isso pode se recuperar com banhos adequados e uso de hidratantes.

Não tem qualquer relação com o “pano branco” ou pitiríase versicolor, que é causada por um fungo.

3. Pinta ou Sinal

“Pinta” ou “sinal” é sinônimo de nevos ou nevus pigmentados. Nevos são um aumento no número de células na pele, que podem ser pigmentadas ou não. Aparecem desde o nascimento (congênitos) ou durante a vida (adquiridos). Na maioria das vezes são benignos, pois não têm características de câncer.

No entanto, algumas pintas e manchas (lentigos) são formadas por um acúmulo de células que, em alguma época da vida, podem sofrer transformação cancerígena. O câncer no qual elas podem se transformar é o melanoma.

A grande maioria das pintas aumenta de volume durante a vida. Isso não significa que elas irão transformar-se em melanoma. É importante fazer um exame regular destas pintas. Uma transformação maligna é indicada por alteração na cor, aumento do diâmetro ou irregularidade das bordas.

Dois tipos de nevos merecem atenção especial, pelo seu maior risco de evolução para câncer de pele. São eles:

- Nevos Melanocíticos Congênitos Gigantes

São nevos pigmentados (melanocíticos), que nascem com o indivíduo (congênitos) e que têm um tamanho maior que 20cm. Esses nevos podem ou não apresentar pêlos. Há de 5 a 10% de risco de desenvolvimento de melanoma, probabilidade bem maior que a do nevo melanocítico congênito pequeno.

- Nevos Atípicos

Os nevos atípicos são geralmente maiores que os nevos comuns (6mm), podem ter bordas irregulares, limites imprecisos, várias tonalidades de marrom, castanho e vermelho. Localizam-se, freqüentemente, na porção superior do tronco, nos braços e coxas. Seu potencial de transformação para o melanoma pode ser de até 10-15%.

4. Substâncias Fotossensibilizantes

Perfumes, refrigerantes e frutas como o limão, a laranja, a tangerina e o figo contêm substâncias fotossensibilizantes, ou seja, tornam-se reativas ao entrar em contato com o Sol.

Estas substâncias provocam uma “alergia” ou até “queimadura” na pele, que fica com manchas avermelhadas, acastanhadas e até mesmo com bolhas, acompanhadas ou não de coceira e ardência no local.

Como depende da exposição da pele ao sol e ao contato com as substâncias fotossensibilizantes, as áreas mais comumente afetadas são o dorso das mãos, colo e os lábios. Podem ter formato bizarro ou pontilhado, causado por respingos de limão espremido. Portanto, evite colocar perfumes ou beber limonadas, sucos de frutas, caipirinhas e se expor ao Sol.

5. Cuidados no uso de medicamentos

Existem remédios despigmentantes, muitas vezes usados sem orientação médica para efeitos estéticos. Cuidado: você pode estar ocultando características de doenças mais graves. Consulte um dermatologista, e não use nenhum medicamento sem indicação de um especialista.

As manchas de Sol podem ser tratadas, mas sempre sob orientação do dermatologista. Tratamento significa melhorar, nem sempre eliminar definitivamente. Dependendo do caso, são indicadas substâncias despigmentantes e /ou ácidos, peelings superficiais ou até mesmo laser ou luz intensa pulsada.

Mas lembre-se: o melhor a fazer é sempre prevenir!! Se você não tem uma mancha solar, use protetor solar sempre. Se você já tem, evite novas... insista no protetor!!


Fontes: Dermatologia, saúde total

24 de mai de 2010

Máscaras Caseiras - Ajuda manter a pele Jovem, Bonita e Saudável


Fizemos uma seleção de máscaras caseiras que ajuda manter a pele jovem, bonita e saudável.

É só escolher a mais indicada para seu tipo de pele.

Máscaras faciais


Máscara facial para pele mista
Misture meio pepino fatiado com meia colher de maisena no liqüidificador. Ajuda a equilibrar e suavizar a pele.

Máscara facial rejuvenescedora
Faça meio mamão-papaia amassado e misture com uma colher de sobremesa de mel. Auxilia também no tratamento de peles com manchas.

Máscara facial para peles bronzeadas
Meio copo de água de coco, uma colher de sobremesa de maisena e uma colher de sobremesa de mel. A pele ficará mais luminosa, hidratada, além de fixar o bronzeado.

Máscara facial antes da balada
Duas claras de ovo bem batidas. Melhora o aspecto na hora e deixa a pele preparada para receber a maquiagem.

Máscara facial esfoliantes
Duas colheres de aveia com meia colher de mel. Ajuda a remover as células mortas, clareia a pele e colabora na penetração de outros componentes.

Máscara facial anti-olheiras
Faça uma compressa de chá de camomila seguida da máscara de papaia e mel e coloque ao redor dos olhos.

Máscara facial para fechar os poros
Cinco morangos amassados com duas colheres de mel e uma fatia de mamão-papaia. Pronto. Seus poros estarão fechadinhos.

Máscara facial para pele seca
Esmague uma banana e misture com uma colher de mel. Ótima para peles que se ressecam no inverno.

Máscara facial para pele com manchas
Mergulhe um cotonete em Hamamélis e aplique diretamente sobre a área afetada. Ao deitar, mergulhe um pouco de algodão em loção de calamina e passe sobre as manchas.

Máscara facial para pele sem brilho
Mergulhe uma flanela em água gelada e coloque-a sobre o rosto durante alguns minutos. A pele ficará com um tom rosado e brilhante.