Pesquisar este blog

29 de jun de 2010

Mãos sempre bonitas



Cuidados de mão


Introdução:
Imagino que muitas vezes os profissionais que cuidam das unhas, sejam podólogos, sejam manicures, deparam-se com mãos, especialmente seus dorsos, muito comprometidas em sua beleza, pois estão cheias de manchas.
Imagino até que muitas mulheres gostariam de tratar melhor de suas unhas, mas ficam constrangidas em mostrarem suas mãos para exibir unhas que gostariam. Isto até interfere em sua qualidade de vida!
Mas porque surgem as manchas nas mãos?

Manchas Senis:
As manchas senis ou melanoses solares ocorrem no dorso das mãos em função basicamente da exposição contínua à radiação solar. Além das melanoses, também podem surgir as queratoses, que são manchas avermelhadas e ásperas, ambas, caracterizando a pele fotoenvelhecida.
O processo? O sol induz as células que produzem a melanina, os melanócitos, a aumentar sua atividade e as células, produzindo pigmentos em excesso é que geram as melanoses e as queratoses.
As manchas começam a ocorrer, de forma geral, a partir da terceira década de vida, mas isto depende também da exposição solar, e outros agentes em função da rotina e do trabalho de cada um. Além disto, o fototipo da pessoa, a cor de sua pele, também influencia, pois pessoas de pele mais clara estão mais expostas a este problema.
Explicando isto dá para entender porque os Dermatologistas insistem tanto na questão do uso de protetores e bloqueadores solares, não é?

Características:
Estas manchas acastanhadas que variam de tamanho e tonalidade, desde as mais claras, até manchas bem escuras, e aparecem no dorso das mãos, dedos, antebraços, colo, rosto e outras áreas expostas à radiação.
São lesões de caráter benigno, se é que se pode dizer que mãos feias são benignas, mas o que quero dizer é que são raros os casos de evolução para um melanoma, um câncer de pele.
Felizmente a Dermatologia Estética, a Cosmiatria, evoluiu muito e dispomos hoje de muitos procedimentos que podem atenuar, e muito, estes problemas.

Tratamento:
O tratamento das melanoses solares pode ser feito com neve carbônica, nitrogênio líquido, peelings seriados superficiais e radiofreqüências nas lesões, que funciona como um bisturi elétrico, só que com ondas de rádio.
Atualmente, a técnica que apresenta melhores resultados, é a aplicação do LASER, a Luz Pulsada, também chamado laser de rubi, que atua especificamente no pigmento, não danificando a epiderme, além de promover um rejuvenescimento das mãos como um todo, pelo estímulo das camadas da pele.
Para completar, uma boa esteticista pode ajudar com a aplicação de cremes clareadores, e peelings superficiais. E, muito protetor solar, a partir de hoje, e para sempre!
Você, profissional que cuida das unhas, pode ser uma boa amiga, um bom amigo, e ajudar as pessoas que têm manchas nas mãos a procurar um tratamento para que elas fiquem mais bonitas!
E para complementar sempre é bom orientar a fotoproteção com fatores adequados desde a infância.
Se tiver dúvidas acesse meu site e leia mais, ou então me escreva.
Dr. Fernando Bezerra
- Dermatologista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia
- Membro da Associação Paulista de Medicina
- Especialista em Medicina Estética pela Sociedade Brasileira de Medicina Estética.

Nenhum comentário:

Postar um comentário